26 de outubro de 2013

[Autor do mes] - Tracey Garvis Graves

Olá Pessoas,

Acabei de ler Na Ilha e e Covet da autora Tracey Garvis Graves e foi uma feliz surpresa, comprei Covet  pois achei a capa linda, a sinopse não me chamou muito a atenção, mas resolvi dar uma chance e valeu muito a pena!

Covet conta a história de Chris, Claire e Daniel.

Chris e Claire são casados e tem uma vida bem estável até que ele perde o emprego e a vida de ambos precisa ser ajustada de acordo com a nova realidade financeira, Chris continua na busca incessante por emprego, por isso acaba se isolando da esposa e de seus dois filhos. Eles vão se afastando tanto fisicamente quanto emocionalmente, não conversam, não trocam carinhos, não se relacionam mais como família.. até que Chris consegue um novo emprego, um emprego que ele detesta e que o fará viajar muito.

Claire tenta manter o casamento e o relacionamento com Chris, mas ela não consegue ultrapassar a barreira posta por ele, e é durante esse período que ela conhece Daniel. Eles se tornam amigos, mas a carência de ambos faz com que essa amizade se transforme em algo mais.

Covet, narra como um relacionamento por se desgastar e como duas pessoas que se amam podem se afastar se não cuidarem daquilo que elas vieram construindo. Claire ainda ama o marido, mas ele não estava emocionalmente disponível para ela, Daniel supre esse vazio e isso faz borrar as linhas da amizade, mas por outro lado, talvez, se não fosse por esse relacionamento com Daniel, o casamento de Claire e ela própria teriam desmoronado sem chances de recuperação.


“Maybe that's how it starts. You stumble upon something that helps you cope, fills a void. Makes you feel something different than what you currently feel. You know in the long run it probably won't be good for you, but you do it anyway. Tell yourself you can handle it.”
"Talvez seja assim que começa. Você se depara com algo que ajuda-lo a lidar, preenche um vazio. Faz você sentir algo diferente daquilo que você está sentindo. Você sabe que a longo prazo, provavelmente não vai ser bom para você, mas você faz de qualquer maneira. Diz a si mesmo que você pode lidar com isso. "
O livro é muito bem escrito, a história é envolvente e o final é lindo!

Me empolguei tanto com a autora que logo comecei a ler Na Ilha, assim como Covet, é muito difícil parar de ler uma vez que você começa, achei que fosse encontrar algo tipo O Naufrago, algumas coisas até lembram por se tratar de pessoas perdidas em uma ilha devido a um acidente de avião e tal, mas a história que TJ e Anna narram é completamente diferente.

Quando eles chegam na ilha TJ é um adolescente de 16 anos, Anna é 13 anos mais velha que ele, eles vão desenvolvendo uma amizade, uma cumplicidade necessária para poder sobreviver, mas com o passar do tempo, TJ se transforma num homem e claro que o relacionamento deles começa a mudar.

Tracey Garvis narra uma história que tem o primeiro foco em torno da sobrevivência em condições adversas e como isso forma a amizade entre os personagens e em seguida e ela muda o foco para os sentimentos de de TJ e Anna e como ambos vão lidar com esse amor tanto na Ilha como fora dela, caso um dia eles sejam resgatados.

“I don't fit in your world." "Neither do I," he said, his expression tender yet resolute. "So let's make our own. We've done it before.” .

             "Eu não me encaixo no seu mundo." "Nem eu", disse ele, com uma expressão suave mas firme. "Então, vamos fazer a nosso. Nós fizemos isso antes."

Tracey mostra de forma emocionante o conflito de sentimentos de seus personagens, sofri com Claire, com suas incertezas, com as dificuldades enfrentadas por Chris, e quis várias vezes confortar Daniel!!! Anna e TJ também são apaixonantes, TJ vai deixando de ser um menino ao longo da história, Anna a todo momento se supera e confronta a realidade. Os personagens não são todos bons ou maus, são pessoas comuns, com dúvidas e incertezas que todos nós temos, e é essa simplicidade que ela tão bem transforma em lindas histórias.

Recomendo ambos os livros da autora e mal posso esperar pelos próximos!




7 comentários:

  1. Os dois livros parecem ótimos, e realmente as capas são lindas, principalmente A ilha.
    Ahh acho que vou procurar este livro..hehe.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi falar algumas vezes de Covet, mas não tinha me interessado pela história, já que romance/drama não fazem muito meu estilo, mas Na ilha parece ser bem interessante, vou procurar por ele.
    Obrigado pela dica de leitura, adorei.
    Bjs.
    Nel
    maisumblogsobrelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha visto nada de Covet mas amei a capa e me interessei bastante pela história! Já A Ilha não gostei tanto da capa mas a história parece ser legal!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wandressa,

      De fato a capa de Na Ilha não é lá essas coisas, e pra ser sincera, nem tem reflete o livro! Mas eu curti muito a história!!!

      Beijosss

      Excluir
  4. Oi Isadora,dicas de leitura é sempre muito bom..esses eu ainda não conhecia!

    Gostei muito do seu blog,
    Um Grande Abraço *-*
    Estrela,Flores...Melancia

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o post adorei
    e seu blog muito bom adorei vou sempre visitar!

    ResponderExcluir